Blog do Luxo
Your are here : arfMedia -> Blog -> Blog do Luxo -> Vinhos Tormentas - Um vinho com sabor especial

Vinhos Tormentas - Um vinho com sabor especial

Se você é um apaixonado por vinhos reconhece quando prova um vinho de qualidade superior, e os Vinhos Tormentas são exatamente assim, superiores e elaborados sob métodos exclusivos de vinificação.

Vinhos Tormentas - Marco Danielle

Com um método totalmente artesanal e diferenciado, os Vinhos Tormentas são acima de tudo originais e produzidos a partir da melhor matéria-prima disponível no Brasil hoje. O projeto nasceu no ano de 2001, fruto da inquietude do apaixonado por vinhos e então publicitário Marco Danielle.

Marco se perguntava por que no Brasil não existia nenhum vinho realmente emblemático, de expressão internacional, e por que os vinhos brasileiros em geral pareciam tão rústicos, enquanto regiões vinícolas de latitudes e condições semelhantes faziam tanto sucesso na Europa.

Vinhos Tormentas - Marco Danielle
Marco Danielle o mentor do Projeto Tormentas.

Essas questões foram a chave para o nascimento dos vinhos, inicialmente na cidade de Caxias do Sul. Após o primeiro vinho experimental, Marco realizou uma nova incursão pela França e em 2002 uma quantidade maior foi elaborada já em conformidade com os preceitos básicos de vinificação da Escola Francesa, trazidos na viagem.

Mesmo partindo de uma matéria-prima ainda inferior, este primeiro esforço chegou a um resultado satisfatório, e mostrou que bastaria aplicar o mesmo rigor e disciplina de vinificação a uvas melhor cultivadas, e os resultados seriam impressionantes.

Vinhos Tormentas - Marco Danielle

A qualidade superior foi atingida em 2004 com uvas de Encruzilhada do Sul, e com ela surgiu o impulso de seguir perseguindo o estilo europeu em vinhos, sempre utilizando métodos naturais de vinificação, rejeitando o uso de aditivos.

Inicialmente os vinhos foram colocados à venda em circuito fechado, somente para a comunidade de enófilos, mas o projeto encontrou indiferença da imprensa e dos críticos brasileiros, e por isso foram enviadas amostras dos vinhos para o exterior.

Lá, Steven Spurrier, editor da revista inglesa Decanter Magazine e um dos críticos de vinhos mais célebres do planeta atribui 18/20 pontos ao Tormentas Premium 2004, que equipara a um francês do Alto Médoc, emendando uma carta de elogios jamais antes dirigida a um vinho brasileiro.

Vinhos Tormentas - Marco Danielle
Steven Spurrier um dos críticos mais respeitados e que mais elogiou os vinhos Tormentas.

A partir desse reconhecimento, o projeto seguiu sua busca por excelência e safra após safra o projeto vem ganhando cada vez mais admiradores entre a comunidade de enófilos, e dos mais diversos segmentos da crítica especializada.

No ano de 2007, finalmente o projeto recebeu o estímulo necessário para aumentar o volume produzido, e, a partir de vinhedos próprios, reunir as condições essenciais para oferecer uma linha de produtos mais acessíveis, sem abrir mão da qualidade e dos métodos naturais e manuais de vinificação que fizeram o prestígio da marca. O estímulo veio da união com dois sócios-investidores e um novo empreendimento foi concretizado a Vinha Solo.

Vinhos Tormentas - Marco Danielle

Em 2008, Marco Danielle assinou os primeiros vinhos do novo projeto da Vinha Solo. E a nova grife segue rigorosamente os preceitos de elaboração pelo Método Tormentas, que consiste basicamente no mínimo de intervenção, na recusa ao uso de aditivos e produtos enológicos, e no processamento artesanal, sem o uso de máquinas para o desengace das uvas e o rompimento das cascas, e sem o bombeamento dos sólidos.

Os primeiros vinhos da Vinha Solo, safra 2008, mostram-se muito especiais, e finalmente o Tormentas de Encruzilhada do Sul atinge, um nível de qualidade e de caráter que o coloca muito próximo de grandes vinhos europeus de regiões consagradas, degustado às cegas.

Vinhos Tormentas - Marco Danielle

Os rótulos Tormentas, Minimus Anima, e Vinha Solo, além de representar vinificações radicalmente naturais, livres de aditivos e com pouco ou nenhum conservante, figuram entre os raros vinhos do mundo obtidos por desgranagem manual das uvas.

Devido à pequena quantidade produzida, e aos cuidados necessários com o transporte, armazenagem e exibição os vinhos não estão à venda no comércio convencional, salvo eventuais exceções. As vendas ainda ocorrem quase que totalmente por e-mail, diretamente do local de produção.

Vinhos Tormentas - Marco Danielle

Poucos vinhos comercializados no mundo são elaborados de forma tão natural e minuciosa e a opção por vinhos naturais, com baixo ou mesmo nenhum conservante, pode gerar leve gaseificação (nota frisante) em alguns lotes ou safras, sem qualquer conseqüência sobre o gosto e facilmente neutralizável por aeração em decanter.

Para os vinhos elaborados a zero SO2 (sem conservante INS 220), é indicado o transporte adequado e guarda climatizada. Aceitar tais condições é indispensável para apreciar os vinhos, e compartilhar a proposta de uma vinicultura não intervencionista.

Vinhos Tormentas - Marco Danielle

Ao banir aditivos e estabilizações e diminuir ou suprimir o uso de conservantes, as vinificações orgânicas ou naturais permitem ao apreciador degustar vinhos mais saudáveis, autênticos e de melhor sabor. E faz com que quem bebe sinta os traços de autenticidade dos vinhos de antigamente, de uma era anterior à massificação ou à globalização.

Degustar um vinho Tormentas é como voltar ao tempo, à uma época onde a qualidade e o respeito à natureza eram os mais importantes.


Mais informações: www.tormentas.com.br


6


Outros posts interessantes:

  > FOREX - uma maneira de investir e ganhar dinheiro

  > Atlantis The Palm em Dubai abre suas portas

  > Cassino online sorteia viagem a Las Vegas

  > Maserati Quattroporte Sport GT S apartir de $138,400

  > Dubai: Uma miragem no deserto



Serviço de otimização / marketing de sites

Contato

Blogs: Blog de Moda  *   Dicas de Viagem   *  Alugar avião privado  *   Blog do Alexandre  *   Blog do Luxo  *   Alex   *   Punta del Este   *   Sushi Delivery São Paulo   *