Fotos de Hamburgo Velho

 

 

1. IDENTIFICAÇÃO

1.1.   Recorte Territorial

Novo Hamburgo

1.2. Recorte Temático

Centro Histórico de Hamburgo Velho

1.3. Identificação

 

Casa Hexsel – Kunz

 

2. LOCALIZAÇÃO DO UNIVERSO/ OBJETO DE ANÁLISE

2.1.UF

2.2.Município

2.3.Localidade

RS

Novo Hamburgo

Centro Histórico de Hamburgo Velho

2.4.Endereço Completo

2.5.Código Postal

Rua Gal. Daltro Filho, 980

93 540 - 000

3. IMAGENS


Hamburgerberg ou Hamburgo Velho - Litografia de Canstatt – 1865

 

Diversas fábricas
Fábrica de sabão de A. Hofmann

Cartão postal de 1901 “Hamburgerberg”

Acervo Fundação Scheffel


Vista do imóvel

Foto: 1983

Acervo Fundação Scheffel


Fachada frontal e lateral oeste

Foto: 2009

Acervo Fundação Scheffel

 

DSC02561
Fachada frontal

Foto: 2009

Acervo Fundação Scheffel

DSC02577
 

Fachada lateral oeste

Foto: 2009

Acervo Fundação Scheffel

DSC02556
Entorno – Avenida General Daltro Filho Ao fundo, Casa Ody e Casa da Lira

Foto: 2009

Acervo Fundação Scheffel

 

DSC02573
Entorno – à esquerda Casa Schmitt-Presser e Fundação Scheffel; à direita, Casa Kroeff-Ody; ao fundo, Bar Maracanã e torre da Igreja Três Reis Magos

Foto: 2009

Acervo Fundação Scheffel

DSC02582
Entorno – Avenida General Daltro Filho, sentido centro bairro

Foto: 2009

Acervo Fundação Scheffel

DSC02571
Entorno – Casa Schmitt-Eisbein (em frente)

Foto: 2009

Acervo Fundação Scheffel

DSC02593
Entorno - vista do morro Dois Irmãos

Foto: 2009

Acervo Fundação Scheffel

 

4. DADOS COMPLEMENTARES

4.1.Informações Históricas

Este imóvel, a saber, foi construído por volta de 1860 pela família Hoffmann (na litografia de Canstatt de 1865, ele já aparece) de Hamburgo Velho. Essa família, segundo consta nos registros da comunidade evangélica, foi uma das famílias imigrantes nos primórdios da ocupação de Hamburgo Velho. Os Hoffmann mantiveram no andar de baixo da residência, uma fábrica de sabão (Seifenfabrik), conforme aparece em documento de 1901. Segundo a tradição oral, no início da década de 1870, o prédio foi usado como quartel pelo Coronel Genuíno Sampaio, na primeira investida contra os Muckers.

Na década de 1930, foi residência do senhor Ernesto Hexsel, descendente dos Hoffmann, quando do seu casamento com a professora Elza Kunz. Ernesto faleceu no início da década de 1940 e a professora Elza continuou residindo no local.

A professora Elza não teve herdeiros diretos e optou por deixar a sua casa como herança para a Comunidade Evangélica Três Reis Magos de Hamburgo Velho, que manteve o imóvel alugado para diversos usos, como por exemplo, para a fábrica de Bolsas Europa. Na década de 2000 foi adquirida e reformada pelo advogado Werno Carlito Arnold, e atualmente funciona uma exportadora de calçados no local.

Fonte: entrevista com Herta Alice Schmitt Schlling; Ernesto Frederico Scheffel; Margôt Déa Sperb Schütz

4.2.Outras informações

A professora Elza formou-se no curso de piano, do Instituto Musical de Porto Alegre, em 1933. Em Hamburgo Velho, foi organista da Igreja Três Reis Magos por mais de trinta anos, tocando em cultos, casamentos e festividades da comunidade; desenvolveu esse trabalho graciosamente. Em sua residência lecionava piano, ensinando a várias gerações das famílias de Hamburgo Velho. Entre seus alunos, está o pintor Ernesto Frederico Scheffel, que já adulto resolveu tomar lições de piano, como não tinha piano em casa, a professora Elza deixava a chave da casa no vaso de gerânios ao lado da porta, para que Scheffel pudesse estudar enquanto ela não estava em casa.

5. PREENCHIMENTO

5.1. Entidade

O.E. Arquitetos e Urbanistas Ltda.

5.2. Data

5.3. Responsável

Angelo Reinheimer – Curador da Fundação Ernesto Frederico Scheffel; Angela Tereza Sperb – Historiadora.

03/05/10