Blog de Moda
Your are here : arfMedia -> Blog -> Blog de Moda -> SPFW: Segundo dia emociona

SPFW: Segundo dia emociona

Nessa segunda-feira foram seis grandes nomes a pisar na passarela do SPFW. Quem iniciou os trabalhos no segundo dia da semana de moda de São Paulo foi Isabela Capeto que com o tema dos vikings e da Escandinávia motivou os cardigãs gigantes, em tons de brancos, com trançados na gola; as saias com barras enfeitadas por bolinhas, que aparentemente seriam coquinhos. Destaque para a beleza, com apliques em forma dos chifres dos capacetes vikings e vastos cílios postiços, conceito do Max Weber para o MAC, dentro da direção artística do Alberto Renault.

SPFW: Segundo dia emociona
SPFW: Segundo dia emociona

O destaque ficou para Ronaldo Fraga que comoveu a platéia trazendo senhoras de 80 anos deslizando pela passarela apresentando sua coleção totalmente cult. Foi uma das coleções mais comerciais do mineiro de topetinho, com vestidos de corte amplo, de volumes sombreados, como descreveu o autor. Em lãs e linhos, mostrou que o novo blazer tem corte de fraque, que há calça para gente normal, sem ser skinny ou pantalona, e são confortáveis e belas.

SPFW: Segundo dia emociona
SPFW: Segundo dia emociona

Alexandre Herchcovitcth investiu na alfaiataria com assimetrias, tanto nas lapelas diferentes, em adamascados e lisos, como nos babados pregueados que cobrem metade dos casacos e vestidos em geral pretos, como sempre. Na ala colorida, que veio com brilho de paetês, há repuxados e calças em sedas estampadas por baixo de outras, pretas, uma boa solução de stylong, que quebrou a possível caretice de calças quase-básicas, não fossem algumas cobertas por aplicações nacaradas.

SPFW: Segundo dia emociona
SPFW: Segundo dia emociona

O desfile da Fórum Tufi Duek veio direto do sul. O Minuano, vento dos pampas, foi o pretexto para Tufi olhar para os trajes gaúchos e inventar seu inverno de muito preto, algum branco e o prata das medalhas dos cintos dos trajes típicos. Ao som de Patti Smith, tops como Isabeli Fontana, Bianca Klamt e Ana Claudia Michels passaram no trote pelo piso preto da sala 2, com cenas de cavalhadas no fundo em led. Uma ambientação simples, porém tecnológica, que deu dimensão do luxo sóbrio da marca.

SPFW: Segundo dia emociona
SPFW: Segundo dia emociona

Tiradas das tradicionais porcelanas de Delft, cidade da Holanda, os desenhos mais populares, tipo azulejos em azul e branco, viraram estampas corridas de calças masculinas, vestidos femininos, paletós e saias. Além das figuras de moinhos e auto-retratos de Rembrandt, Marcelo Sommer da grife Do Estilista, demonstrou que continua fiel ao próprio estilo. A grife prossegue com os desenvolvimentos de tricôs trabalhados, em suéteres e agora em calças, coisa que nunca tinha imaginado.

SPFW: Segundo dia emociona
SPFW: Segundo dia emociona

Quem fechou o segundo dia de apresentações, foi Lino Villaventura. Com o tema longínquamente marcado como "Filme Noir", porque as roupas teriam mistérios de costura incríveis. E tinham, daquele jeito que não se distingue o que é tecido, o que é refeito, de tantas nervuras e plissados que ondulam. Há uma certa lembrança de japonismos, nas saias amarradas e nas blusas que são primas de quimonos. Há um lote de vestidos montados em losangos nervurados, que dão relances de Audrey Hepburn e seus vestidinhos pretos.

SPFW: Segundo dia emociona
SPFW: Segundo dia emociona


4


Outros posts interessantes:

  > Vai ao ar dia 12 um dos desfiles mais esperados do ano

  > Editorial - O estilo sem limites

  > Calça saruel: Essa moda pega?

  > Quem tem colírio, também usa óculos escuros

  > Peças-chave para o verão



Serviço de otimização / marketing de sites

Contato

Blogs: Blog de Moda  *   Dicas de Viagem   *  Alugar avião privado  *   Blog do Alexandre  *   Blog do Luxo  *   Alex   *   Punta del Este   *   Sushi Delivery São Paulo   *