Blog de Moda
Your are here : arfMedia -> Blog -> Blog de Moda -> Coco Chanel: A lenda

Coco Chanel: A lenda

Em um site de moda e em uma seção de personalidades é impossível não termos a lendária Gabrielle Bonheur Chanel, mais conhecida como Coco Chanel.

Coco Chanel: A lenda

A estilista francesa nasceu em Saumur, no 19 de agosto de 1883. A bela veio de uma família humilde e perdeu a mãe quando tinha apenas seis anos de idade, deixando-na com mais quatro irmãos e o pai. Gabrielle adotou o nome de Coco, em uma breve passagem como cantora de café-concerto e acabou ficando conhecida sua vida inteira com ele.
Sua vida dentro do mundo da moda começou em 1910, quando tinha 27 anos, e com ajuda de Arthur Boyle, um milionário inglês, que foi seu grande amor, conseguiu recursos suficiente para abrir uma chapelaria, depois abrindo mais duas filiais. Nasce então, a loja Chanel.
Em companhia de Boyle, Coco começa a frequentar as mais altas rodas da sociedade parisiense, porém algum tempo depois seu companheiro termina o relacionamento para casar com uma inglesa e acaba morrendo em um acidente de carro.
Diante a sua tristeza, Chanel abriu a primeira casa de costura, comercializando também chapéus. Nessa mesma casa, começou a vender roupas esportivas para ir à praia e para montar a cavalo e foi a pioneira, inventando as primeiras calças femininas.
Nos anos 1920, Chanel já era uma designer influente. Começou a desenhar roupas confortáveis, com tecidos fluidos, peças emprestadas do guarda-roupa masculino e saias mais curtas, em contraste com a silhueta feminina rígida da época. Nessa época também, Coco conheceu e apaixonou-se por um príncipe russo pobre, Dmitri Pavlovich, que tinha fugido com a sua família da Rússia, então União Soviética. A sua relação com Paulovitch a fez desenhar roupas com bordados do folclore russo e, para isso, contratou 20 bordadeiras. Neste período, Chanel conheceu muitas artistas importantes, tais como: Pablo Picasso, Luchino Visconti e Greta Garbo. Em 1922 criou o famoso perfume Chanel n° 5, nome referia-se ao seu algarismo da sorte, que alavancou seus negócios e se tornou legendário.
Durante a Segunda Guerra Mundial Chanel chegou a trabalhar como enfermeira, uma vez que os negócios de moda estavam em baixa. Nesta época envolveu-se com um oficial nazista, o que lhe custou o exílio, porem em 1954 voltou a Paris e retomou seus negócios na alta costura.
Em 1950 foi o grande renascimento da marca Chanel, onde o vestido preto, o cárdigã, as pérolas, tornaram-se ícones da marca e de seu estilo.
Faleceu no Hôtel Ritz Paris em 1971, onde viveu por anos e no ano de sua morte, aos 87 anos, Coco Chanel ainda trabalhava ativamente, desenhando uma nova coleção. O seu funeral foi assistido por centenas de pessoas que levaram as suas roupas em sinal de homenagem.

““Onde uma mulher deve usar perfume?’, perguntou-me uma moça. ‘Onde ela quiser ser beijada’, eu respondi.” (Coco Chanel)

Coco Chanel: A lenda
A sede da Chanel em Place Vendôme, Paris.


4


Outros posts interessantes:

  > Adeus ano velho, feliz ano novo!

  > As carteiras na sua mão

  > SPFW: Quarto dia das coleções Inverno 2009

  > O requinte dos peep toes

  > A maquiagem marcante de Maysa



Serviço de otimização / marketing de sites

Contato

Blogs: Blog de Moda  *   Dicas de Viagem   *  Alugar avião privado  *   Blog do Alexandre  *   Blog do Luxo  *   Alex   *   Punta del Este   *   Sushi Delivery São Paulo   *